Capas para instrumentos

Capas para instrumentos – Como abrir uma empresa de capas para instrumentos

A segmentação é um bom caminho para quem deseja investir na confecção de capas para instrumentos musicais.
Existem fábricas que só produzem capas para instrumentos de corda, como violão, guitarra e violino; outras trabalham com a linha de percussão e existem ainda as especializadas em instrumentos de sopro.
Com atendimento diferenciado é possível enfrentar a concorrência, seja de outras fábricas ou de importadores de peças prontas.
O segmento é um pouco instável, porque muitas das matérias-primas são importadas. Isso significa que existem dois riscos: falta de material e oscilação de preços conforme o dólar. Contar com fornecedores confiáveis, portanto, é essencial.
É aconselhável que o empreendedor conheça os instrumentos. Assim, é possível aperfeiçoar as capas e proporcionar praticidade ao cliente e proteção ao instrumento.

Investimento em equipamentos e instalações: R$ 1.500 (máquina de costura reta industrial, máquina de corte para tecidos e ferramentas para costura). Exige ainda: automóvel, telefone, fax, fábrica de 20 m2 e escritório para 1 pessoa

Capital de giro: R$ 2.000 / Faturamento médio mensal: R$ 3.000
N° mínimo de pessoas trabalhando: 2 (o dono e 1 costureiro)
Risco: BAIXO

 

Compartilhe
  


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *