Comércio de aquários e acessórios

Comércio de aquários e acessórios – Como abrir um comércio de aquários e acessórios

Para montar um comércio de aquários e acessórios é essêncial ter um ponto comercial em local com grande fluxo de pedestres e visual atraente.
Os peixes são o principal atrativo para os olhos dos clientes. Muitas vezes uma pessoa entra apenas para olhar os peixes e acaba saindo com um aquário cheio deles embaixo do braço.

Um ponto muito importante é a loja possuir seus próprios aquários, a fim de estimular seu cliente a ter um igual ou bem parecido.
O empreendimento exige dedicação do dono. Deve-se controlar diariamente a temperatura e a qualidade da água e zelando pela saúde e alimentação dos animais.
A falta de cuidado acaba matando os peixes, gerando prejuízo.
Um bom começo é fazer um curso de aquariofilia e treinar seus ajudantes.
Os conhecimentos devem ser repassados aos clientes, como um serviço adicional.

Investimento em equipamentos e instalações: R$ 17.000 (18 aquários, filtros, congelador para artêmia, um alimento especial para peixes). Exige ainda: veículo utilitário, telefone, fax, computador e área de 40 m²

Capital de giro: R$ 5.000 / Faturamento médio mensal: R$ 11.000
N° mínimo de pessoas trabalhando: 2 (o dono e 1 ajudante)
Risco: Baixo

 

Compartilhe
  


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *