fbpx

Como montar uma empresa de serviços de despachante

Como abrir um despachante

Como montar uma empresa de serviços de despachante

A pessoa interessada em montar uma empresa de serviços de despachante de documentos e licenciamento de veículos primeiramente deve se inscrever em cursos específicos, geralmente promovidos pelas secretarias estaduais de segurança pública.

Despachante é o profissional que encaminha e faz tramitar papéis junto a repartições públicas, especialmente para obtenção de registros e licenças.

Para São Paulo, a profissão de despachante é regulamentada pela lei nº 8.107, de outubro de 1992. De acordo com essa lei, somente depois de passar pelo exame de capacitação técnica e obter o título de habilitação e credenciamento, o despachante pode exercer a profissão.

A pessoa interessada em abrir uma empresa de serviços de despachante deve prestar concurso (acompanhar o Diário Oficial do Estado para saber a época de sua realização).
São requisitos básicos para quem pretende ingressar na atividade: ser brasileiro, maior de 21 anos de idade, não ter antecedentes criminais e ter certificado de conclusão de 2º grau.

Logo depois de ser aprovado no concurso se obtém a licença de despachante junto ao Detran local.

Para os demais estados, o empreendedor deve consultar a lei para regulamentação da atividade de despachante junto a câmaras legislativas e Detran Local

Além disso, a profissão de despachante vai ser regulamentada ainda neste ano, conforme Denatran (11/07/2018)

Embora o forte nesse negócio sejam documentos para motoristas, os escritórios costumam diversificar os serviços prestados, providenciando certidões de fóruns e outros documentos para pessoas físicas e jurídicas.

Outra opção é oferecer convênio para empresas que mantêm frotas de veículos, com o objetivo de ganhar em escala.

Quem procura um despachante quer rapidez no serviço prestado, por isso é importante ter um escritório equipado com computador e acesso à Internet, para agilizar o licenciamento no Detran.

O mês de menor movimento é janeiro, quando não há licenciamento de veículos.

Como abrir um despachante

Como abrir ou montar um despachante

Pontos de atenção

Embora ainda haja demanda no mercado para o serviço prestado pelos despachantes, a tendência de modernização e simplificação dos serviços públicos representa uma ameaça para este segmento.

No entanto, cada vez mais os órgãos públicos federais, estaduais e municipais implementam ações para desburocratizar a prestação de serviços e facilitar a vida do cidadão.

Segundo o Sindicato dos Despachantes Documentalistas do Estado de São Paulo, o estado já perdeu mais de 20 mil profissionais nos últimos anos.

Hoje, os despachantes paulistas não passam de 6 mil.

Outro problema enfrentado pelo setor é a concorrência direta de bancos e concessionárias de veículos, que oferecem gratuitamente o licenciamento de veículos para os clientes.

Outros concorrentes são os contadores autônomos e escritórios de contabilidade, que atuam na prestação de serviços a pessoas jurídicas junto aos órgãos de registro e arrecadação do governo.

Devido ao risco intrínseco ao negócio, recomenda-se a realização de ações de pesquisa de mercado para avaliar a demanda e a concorrência.

Seguem algumas sugestões:

  • Pesquisa em fontes como prefeitura, guias, IBGE e associações de bairro para quantificação do mercado-alvo;
  • Pesquisa a guias especializados e revistas sobre o segmento;
  • Visita aos concorrentes diretos, identificando os pontos fortes e fracos dos estabelecimentos que trabalham no mesmo nicho;
  • Participação em seminários especializados.

Investimento em equipamentos e instalações

Com recursos entre R$ 5 mil e R$ 10 mil é possível abrir um pequeno escritório com área de aproximadamente 30 m2 para trabalhar com serviços de despachante.

Com esse valor é possível comprar uma linha telefônica, um microcomputador, acesso a Internet, duas mesas, seis cadeiras, arquivos e materiais de escritórios diversos, inclusive formulários e papéis de credenciamento.

Exige ainda: carro, telefone, fax e sala para escritório

Capital de giro

R$ 1.000 / Faturamento médio mensal: R$ 3.000

N° mínimo de pessoas trabalhando

2 Pessoas (o dono e 1 auxiliar de escritório)

Risco

Alto

Outras dicas

Uma dica importante é buscar o máximo de informações a respeito do segmento e negócio no qual deseja atuar.

Conhecer seus concorrentes, clientes, fornecedores, aspectos financeiros e tributários, etc…

Busque cursos de empreendedorismo em instituições como o SEBRAE.

Obrigado

Esperamos que este artigo tenha sido útil e lhe ajudado a entender um pouco mais sobre a abertura de um novo negócio.

Se você gostou, compartilhe estas dicas com um amigo ou participe de nossas redes sociais.

Curta nossa pagina do Facebook.

Na seção Novos Negócios você encontra outras dicas e ideias de negócios para empreender.

Caso queira nos incentivar a criar mais conteúdos como este, prestigie nossos anunciantes.

Um Grande Abraço e até a próxima dica de negócio.

Compartilhe
  , , , ,


3 Comentários em “Como montar uma empresa de serviços de despachante

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.